Terra, sangue e ambição: a gênese de Cascavel

Ano: 2019
Autor(es): Vander Piaia
Número de páginas: 266

Terra, sangue e ambição: a gênese de Cascavel

Passe o mouse sobre a foto para ampliar

Clique na foto para ampliar

R$50,00

Descrição

 

O que faz uma cidade colonizada ao acaso se transformar em uma pujante referência? Qual é a identidade de Cascavel? Vander Piaia discorre sobre a terra, os revoltosos, es as primeiras tentativas, em 1930, de transformar o cruzamento de duas picadas numa cidade. A terra de colonização não planejada advém de litígios e, por essa condição, indeterminação e insegurança afloram em violências orquestradas por milícias e jagunços. Do ciclo da madeira para a lavoura, a ocupação se consolida: de 1940 a 1960, a mata e a barbárie são substituídas pelo cultivo da terra e pela sede de progresso. Cascavel transforma-se, assim, na principal cidade do Oeste Paranaense. O texto indaga se o seu crescimento é resultante somente da posição geográfica, ou também da desordem social, em que colonos sem capital cresceram com a cidade por meio da apropriação ilegal da terra. Essa é a característica que, nos anos 1950-1960, ao mesmo tempo em que coloca a cidade entre as de maiores índices de crescimento nacional, também a apresenta como uma das mais violentas do Brasil.

Informações Técnicas

  • Peso: 0,40 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 23,00 cm
    • Altura: 2,00 cm
    • Largura: 16,00 cm

Material complementar

Aproveite também